Congresso Espírita do RN começa hoje

29
AGO

0

Começa logo mais, no Centro de Convenções, o Congresso Espírita do Rio Grande do Norte – CONGERN, que será realizado até o dia 01 de setembro. Este ano, o tema central será “ A criança e o jovem buscam direção ao bem”.

No mundo de violência em que vivemos, onde crianças e jovens estão sendo agentes multiplicadores deste mal, necessário se faz, em caráter de urgência, que retomemos o caminho do diálogo, da compreensão e do carinho, do limite, da educação pelo amor e, muito principalmente, do amor a Deus e ao próximo, pontificando o bem para que haja paz.

A proposta do 24º Congresso Espírita do RN é a discussão pacífica e digna de temas atuais, uma nova proposta de educação e vivência espírita cristã para o reencontro da criança e do jovem com Jesus, sob os prismas científico, filosófico e religioso, da forma como nos oferece a Doutrina dos Espíritos.

Toda a renda do CONGERN é revertida em benefício das obras assistenciais do Núcleo Avançado de Massaranduba da Casa de Caridade Adolfo Bezerra de Menezes, em São Gonçalo do Amarante – RN. O Núcleo de Massaranduba está sempre de portas abertas para todos os que desejarem conhecer o seu trabalho de amor e solidariedade junto àquela comunidade carente.

 

Teleférico de Santa Cruz começará a ser construído em setembro

29
AGO

0

As obras de construção do teleférico de Santa Cruz, município potiguar que aos poucos se consolida na rota do turismo religioso, vão começar em setembro. A promessa é do deputado estadual Tomba Farias (PSB), idealizador do Complexo Turístico Religioso de Santa Rita de Cássia, onde foi implantada a estátua da santa católica, com 56 metros de altura e considerada a maior imagem católica do planeta.

A primeira etapa da obra envolve a construção das estações de embarque e desembarque do teleférico, que ligará o complexo de Santa Rita de Cássia ao pátio da Igreja Matriz, no Centro da cidade, num percurso de aproximadamente 987 metros. Prevê recursos da ordem de R$ 4,8 milhões e conclusão em meados de 2015. Já a segunda etapa, que consiste na compra e implantação dos bondinhos, deverá custar entre R$ 6 a 7 milhões.

O Complexo Turístico Religioso de Santa Rita de Cássia está mudando o perfil do desenvolvimento econômico de Santa Cruz, município de cerca de 40 mil habitantes e com oferta hoteleira de aproximadamente 600 leitos. A grande maioria das pousadas foi construída (ou está em fase de conclusão) após a implantação da atração turístico-religiosa.

Fonte: Blog E-Turismo 

Hotelaria pondera e cobra ações

28
AGO

0

A vinda de turistas brasileiros e estrangeiros a Natal com a Copa do Mundo rendeu frutos para a arrecadação municipal. Em junho, mês do Mundial, os valores recolhidos no segmento hoteleiro do Imposto Sobre Serviços (ISS) tiveram crescimento de 58,98%. Conforme dados da Secretaria Municipal de Tributação (Semut), enquanto o sexto mês do ano rendeu arrecadação de R$ 708 mil em 2013. No mesmo período de 2014, esse valor chegou à casa de R$ 1,12 milhão.

“Esse incremento era esperado. Temos que analisar que junho deste ano foi atípico, uma vez que Natal foi cidade-sede e isso foi um grande diferencial, não só para o segmento hoteleiro como para outros da economia potiguar”, analisa o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis no RN (ABIH-RN), Habib Chalita.

Por outro lado, em julho, mês que em geral é de movimento nos hotéis, o ritmo na arrecadação do segmento desacelerou, com crescimento de 12,16%, no comparativo com julho de 2013. Chalita avalia que a Copa acabou causando essa inversão, atraindo os turistas em férias para junho.

Além disso, os números da arrecadação mostram que antes do Mundial, em maio, o segmento teve queda de 20,66% no recolhimento do tributo, em relação ao mesmo mês de 2013. A explicação, segundo o presidente da ABIH-RN, é que o destino Natal não tem sido divulgada a contento pelo poder público.

“Não é só chegar e distribuir folheteria. É algo mais planejado, estudado, saber que cidades do país e exterior têm forte potencial emissor para Natal e, em cima disso, se fazer um trabalho das potencialidades turísticas e belezas naturais”, analisa Chalita.

Passado o Mundial, a ABIH-RN consolidou pesquisa que traçou um perfil do turista que esteve em Natal em junho. O objetivo é subsidiar ações conjuntas para o pós-Copa, envolvendo poder público e iniciativa privada. “Os números mostram que o turista que esteve na capital tem interesse de voltar e também de indicar a cidade como destino de férias para amigos e familiares”, diz Chalita.

Além do foco em ações voltadas ao pólos emissores resultantes da Copa, o presidente da ABIH-RN ressalta que para aproveitar os reflexos do Mundial é preciso de ações voltadas à segurança pública e de medidas como a redução da alíquota de ICMS no querosene de aviação para atrair mais voos para Natal.

“Acredito que o fator Copa já comece a surtir efeito para o fechamento do ano. Não será algo tão maciço como foi durante o mundial, mas já será um bom começo”, diz Habib Chalita.

Fonte: Tribuna do Norte 

Hotelaria pondera e cobra ações

leia a notícia na íntegra

Receita cresce e o fermento é a Copa

leia a notícia na íntegra
leia mais notícias